Estilo em Transição, com Amor

January 16, 2019

A jornada da consultoria de estilo precisa ser conduzida com delicadeza e afetuosidade. A partir de um mergulho no mundo do outro, estudamos as diversas camadas da identidade para sugerir possibilidades de futuro.

Outro dia, num papo sobre empreendedorismo criativo feminino a Beatriz Mentone me contou da Fluxonomia 4D. A Bea trabalha com Rolf (um tipo de terapia corporal que considero o processo mais forte e transformador pelo qual passei), canta, dança, estuda lunações e tem mil ideias (dá uma olhada aqui!). Essa moça chegou na Histórias de Jade como cliente e durante o processo descobrimos muitos interesses comuns.Por essas e outras, eu sempre fico de olho nas indicações dela. Fui estudar, né!?

 

 

E encontrei esse vídeo sobre transição e amor. Adorei, claro! Afinal, a transição é meu instrumento de trabalho e preciso abordá-la amorosamente. No vídeo, a futurista Lala Deheinzelin fala sobre o momento líquido em que vivemos, um momento de transição onde todas as estruturas foram liquefeitas para possibilitar o surgimento do novo. Só que ela aponta que essa falta de estrutura geral também resulta em um panorama onde se pode tudo e se quer tudo. Daí que ao tratarmos de relacionamentos, as conexões são rasas. O que sobra é a necessidade de se estar junto, de afetar e se deixar afetar. 

 

Daí vem a pegadinha:  o que fazer se precisamos de conexões profundas, mas o contato é raso? Qual o papel que dado à tecnologia nesse contato quando nos aproximamos e nos separamos do outro através de mensagens e botões. Aprendemos a usar aparelhos para nos resguardar da dor, porém eles também nos afastam do vínculo e do sentir real e impedem o afeto.

 

Adoro pensar sobre gente, tecnologia e em como essa convivência pode ser saudável. Quais camadas a tecnologia acessa e quais só podem ser alcançadas pela fala ou pelo toque do ‘outro’? No que a tecnologia pode nos servir sem nos possuir?

 

Consultoria de Estilo e o Seu Futuro

 

Reflito sobre como é o momento em que alguém percebe que precisa de ajuda para resgatar um tanto de si mesma e resolve participar de uma jornada de estilo. Como é essa perspectiva de confiar, se expor e o que esperar do processo?

 

O atendimento começa quase sempre no virtual, via mensagem ou email. E logo, eu procuro trazer esse contato para o fio do telefone. Apesar de hoje o aparelho não ter mais fio, tem o quentinho da voz, oferecendo um toldinho de proteção, ainda que nele só caibam duas pessoas.

 

Então, o processo de transição se inicia com um questionário que pode parecer assustador, mas é o começo do resgate de uma essência que quer vir à tona. Sabe a aula de teatro que um ‘cai’ no colo do outro? Acho que o momento maior de confiança é a conversa que vem depois do questionário. A cada pergunta nos afetamos e fundamos esse lugar amoroso que servirá como a base da relação.

 

Daí pra frente, esse mundo do ‘outro’ que me foi confiado se transforma em uma proposta de um futuro mais completo. E, por mais que seja uma proposta única e sob medida para chacoalhar o presente de outro alguém, o seu fazer me traz questionamentos sobre mim e o mundo. 

 

A cada encontro os dois lados se surpreendem. Quem passa pela transformação percebe que ela vai muito além do corpo e eu vou afinando a condução de acordo com as camadas acessadas, ou de como estou sendo afetada. Tem quem se descubra no brechó e tem quem prefira lojas pequenas. Tem quem se jogue na paleta de cores e tem quem resista um pouco mais. Mas no final, quando fotografamos os looks, vivenciamos um realização e de celebração do processo inteiro. Os sorrisos são mais profundos do que a câmera alcança. São sorrisos de afeto.

 
A transição é vivida diariamente e está em nós. Precisamos mesmo é do toque, da exposição e do acolhimento para sair do oco e atingir nossos plenos potenciais.

Deixemos nos afetar!

 

Please reload

 em breve 

Últimos Posts

March 12, 2019

Please reload

Seja a primeira a receber dicas sobre estilo e consumo consciente
@historiasdejade

Quer saber um pouco mais sobre os nossos processos e se inspirar dando uma espiadela em quem passa por aqui?

  • Instagram - Grey Circle
Contato

Av. Dr. Arnaldo 1566

São Paulo, SP 01255-010

​​

Tel: 11 999091731

valentina@historiasdejade.com.br

© 2017 todos os direitos protegidos - Histórias de Jade